Polícia Civil resgata cachorra vítima de maus tratos e prende o dono em Carmo do Paranaíba

A Polícia Civil de Carmo do Paranaíba prendeu um homem de 46 anos pelo crime de maus tratos a animais. A prisão aconteceu na tarde desta quarta-feira (15/06). Os policiais salvaram uma cadela, vítima de maus tratos.

Segundo o delegado Dr Hiago Marciano Araújo Caixeta, a Polícia Civil recebeu uma denúncia anônima que o homem deixou a cachorra em casa sozinha por dias. O animal estaria magro e só comia quando alguns dos vizinhos jogavam ração por cima do muro.

Na denúncia ainda havia informação de que o local estava extremamente insalubre e cheio de fezes. O denunciante disse ainda que a cachorra chorava muito, principalmente a noite, devido ao estado em que se encontrava.

Os investigadores foram ao local e constataram a veracidade da denúncia, sendo a cachorra resgatada e levada ao médico veterinário. Os policiais prenderam em flagrante o homem pelo crime de maus tratos a animais.

A cachorra atualmente encontra-se abrigada na ACARPA, recebendo os devidos cuidados, pois na ocasião em que foi encontrada estava magra com peso bem abaixo do considerado normal para um animal daquele porte, bem como estava desidratada em razão de ter permanecido por dias sem água.

O acusado foi encaminhado ao Complexo Penitenciário de Carmo do Paranaíba e o
procedimento já é de conhecimento do Poder Judiciário, bem como do Ministério Público. De toda sorte é imperioso ressaltar que com a entrada em vigor da Lei n°14.064/2020, a punição para quem comete crime de maus tratos contra cães e gatos é mais rigorosa, prevendo pena de reclusão de até 05 (cinco) anos.

A Polícia Civil ressalta a importância da população no combate ao crime, e
pede aos cidadãos que denunciem através dos telefones 181 ou (34) 3851-2070 e através do WhatsApp da Delegacia (34) 3851-2070, sendo que o sigilo é garantido.

Matéria: Tô na Mídia Carmo do Paranaíba