Sogra e nora são presas em Carmo do Paranaíba acusadas de tráfico de drogas

A Polícia Militar de Carmo do Paranaíba apreendeu nesta segunda-feira (25/05), uma grande quantidade de maconha. Na residência foram presas duas mulheres de 29 e 57 anos, respectivamente, que são acusadas de realizarem o comércio da substância ilícita na presença de uma criança de 4 anos, que é filha de uma das autoras. A ação ocorreu na Rua Balduíno Alves, no Bairro Paranaíba. Também foi encaminhado para a delegacia Geraldo Moreira do Nascimento, 60 anos. Ele foi abordado quando saía do imóvel com duas “buchas” de maconha nos bolsos, substância comprada das suspeitas.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, durante patrulhamento da Polícia Militar pelo Bairro Paranaíba, foi avistado um homem saindo da casa, que é alvo constante de denuncias de tráfico de drogas. Ele foi abordado e, durante busca pessoal, os policiais localizaram duas buchas de maconha, que ele declarou ter adquirido de uma mulher de idade mais avançada. Na sequencia, os policiais determinaram que a suspeita e outro homem, que estavam na área externa da casa, saíssem do lugar. Em conversa com a suspeita Maria do Carmo Timóteo, 57 anos, a mulher confessou que havia vendido a droga para o usurário.

Ela também entregou uma sacola contendo 102 buchas de maconha, já embaladas para serem comercializadas. No objeto ainda continha uma “bola” de haxixe. Durante a ocorrência chegou ao imóvel, a autora Daiana da Silva Machado, 29 anos, que se prontificou a entregar o restante da droga, que se encontrava na casa, aos militares. Com isso, ela foi até um dos quartos da casa e retirou de um travesseiro, uma barra de maconha, que também foi apreendida. Já o outro indivíduo que estava na residência, disse que tinha ido ao local trocar uma caixa de música por algumas buchas de maconha, mas não havia realizado o negócio porque a PM chegou, quando ia fazer a transação.

Diante dos fatos, foram presas em flagrante Maria do Carmo Timóteo da Silva e a nora Daiana da Silva Machado, acusados de tráfico. O homem de 60 anos que foi abordado com as buchas de maconha, também foi detido. A criança de 4 anos que estava na casa é filha da suspeita Daiana. Ela foi entregue a avó materna. Os três detidos foram levados para a delegacia de Patos de Minas e, juntamente com os entorpecentes foram entregues ao delegado de plantão.

Matéria: Vanderlei Gontijo  /  Fotos: Julio Cesar