Projeto Dormir Sem Fome ajuda famílias em vulnerabilidade social em Patos de Minas

Um grupo de voluntários de Patos de Minas se uniu para fazer uma associação de apoio e orientação às famílias carentes. A Associação “Dormir Sem Fome” e Centro Protetor de Animais do Alto Paranaíba será criada para buscar doações para pessoas que passam por necessidades na cidade e na região.

Segundo a presidente, Lucélia Olivieri Pedra, a iniciativa partiu do “Projeto Dormir Sem Fome” que já possui 210 famílias cadastradas. Além de receber doações de mantimentos, roupas e até remédios, essas famílias também são orientadas pelas organizadoras a buscar estudos, emprego e outras formas de melhorar a qualidade de vida.

O projeto também realiza o cadastro de famílias em Patos de Minas. Os interessados devem procurar o projeto na Rua Maranhão 394, no Bairro Cônego Getúlio. Além de realizar o cadastro, os integrantes do projeto fazem uma visita a casa da pessoa que necessita de ajuda para saber a real condição daquela família. Até os animais que vivem nestas residências recebem o apoio dos voluntários.

O projeto nasceu após Lucélia realizar um tratamento contra um câncer. São mais de seis anos de trabalhos voltados à ajuda de famílias carentes. Somente neste fim de semana, foram 81 cestas básicas doadas para pessoas que necessitavam de apoio.

Lucélia também conta com a ajuda da população para que o projeto continue. Ela afirma que qualquer ajuda é bem vinda. Através dos alimentos doados, a associação monta cestas básicas para doar para as famílias. O telefone de Lucélia é (34) 99838-7951.

Redação: Patos notícias