Polícia Militar apreende armas artesanais após homem agredir mulher e filha

A Polícia Militar de Carmo do Paranaíba apreendeu neste domingo (13/10) por volta das 09h46 da manhã, diversas armas brancas de fabricação caseira. A ação ocorreu na Rua Vinte e Três, no Bairro Santa Cruz, após a companheira do autor, acionar a Polícia Militar relatando que o homem de 39 anos, estaria agredindo a amásia e a filha de 4 anos, assim como as ameaçando de morte. Com isso, chegando ao local, os militares encontraram a vítima Natatieli Aparecida de Souza Silva, que afirmou estar sendo constantemente agredida pelo companheiro.

Em conversa com os policiais, a vítima contou que vive com o autor Carlos há vários anos, mas que em meio às inúmeras discussões ele ameaça e a agride constantemente. Natatiele disse também que o companheiro a expulsa de casa juntamente com a filha com frequência, fato que ocorreu no último sábado (12/10), quando ela e a garotinha tiveram que dormir na residência de uma vizinha, mas quando voltaram foram novamente ameaçadas por Carlos.

A mulher contou aos policias que o companheiro dizia que iria matá-la. Ela afirmou ainda que nesse momento, o autor Carlos começou a agredir injustificadamente a filha, de apenas 4 anos, com tapa nas pernas. Mas segundo a mulher no momento em que o autor agrediu sua filha, ela começou a gritar por socorro e correu para casa de uma vizinha no intuito de acionar a policia militar, mas que quando o autor notou que ela acionaria a policia, ele pegou duas armas de fogo de fabricação caseira (01 espingarda cartucheira e 01 calibre 12) e evadiu do local tomando rumo incerto.

Após afirmar que tem muito medo do autor Carlos, por causa de sua agressividade, a vítima contou que nas horas vagas o homem fabrica armas brancas e armas de fogo artesanais sob encomenda. Com isso, após vistorias foram encontradas na casa onde o suspeito trabalha diversas armas brancas prontas e outras em confecção. Diante dos fatos, a vítima foi orientada quanto aos procedimentos cabíveis. Como mãe e filha não apresentavam ferimentos, elas recusaram atendimento médico. Mas a vítima disse que se por acaso o autor retornasse ele buscaria ajuda novamente. Todas as armas artesanais encontradas foram apreendidas.

Matéria: Vanderlei Gontijo
Foto: Julio Cesar
Fonte: Policia Militar de Carmo do Paranaíba
x

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui