No segundo dia após comércio voltar a funcionar em Carmo do Paranaíba, parte da população faz aglomeração

Uma parte dos moradores de Carmo do Paranaíba está revoltada com as atitudes da outra parcela da população, que logo no segundo dia após a administração municipal liberar o comércio local para voltar a funcionar, saiu às ruas para compras ou pagamentos e ignoraram as orientações de permanecerem em casa, em virtude da pandemia do coronavírus.

Nas imagens feitas por nosso repórter é possível visualizarem filas enormes que se formaram em alguns pontos da cidade. Algumas delas foram registradas na região central. As aglomerações mostram dezenas de pessoas sem máscaras e sem manterem a distancia recomendada entre uma pessoa e outra, que é a partir de um metro e meio.

Essas atitudes serviram para deixar apreensivos os habitantes que estão fazendo a quarentena e cumprindo com rigor a recomendação de todos os órgãos de saúde que é o “fique em casa”. Carmo do Paranaíba, mesmo sendo uma cidade que recebe muitas pessoas oriundas de outras regiões de Minas Gerais, de outros estados e até de pessoas que estão voltando de outros países, ainda não registrou nenhum caso da doença.

Em conversa com o prefeito municipal, César Caetano, ele disse que enfrentou uma grande pressão por parte dos comerciantes, com isso, acabou tendo que ouvir o clamor dos empresários e mesmo sabendo das recomendações do Ministério da Saúde e OMS, de que a melhor forma seria o “isolamento social”, liberou parte do comércio para funcionar. Mas ele ressalta que é preciso que a população Camense aja com responsabilidade, sendo que o perigo de contaminação existe e as pessoas precisam colaborar.

O prefeito pede que cada um tenha noção de suas responsabilidades para que o resultado seja positivo e a população não sofra as consequências do coronavírus. Na região do Alto Paranaíba cidades como Patos de Minas, Lagoa Formosa, Patrocínio e Presidente Olegário também baixaram novos decretos liberando parte do comércio a abrirem suas portas.

Matéria: Vanderlei Gontijo  /  Fotos: Julio Cesar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui