Motorista com sintomas de embriaguez sofre acidente e diz ter sido perseguido de Ibiá até Lagoa Formosa

Um motorista de 30 anos, com sintomas de embriaguez, sofreu um acidente na estrada vicinal que liga Lagoa Formosa à região de Ponte Alta. A história apresentada pelo condutor é algo incomum, mas segundo o homem, ele foi perseguido por outro veículo por aproximadamente 133 quilômetros até que ele perdeu o controle direcional do automóvel Toyota/Hulux, cor preta, e atingiu um barranco.

O fato inusitado ocorreu no final da madrugada deste sábado (20/02), quando a Polícia Militar foi acionada por um morador da zona rural, o qual relatava que havia um carro acidentado na estrada vicinal a poucos metros de uma ponte. Com isso, os policiais foram até o lugar e depararam com o automóvel Hilux, que tinha se chocado contra um barranco.

No local, o motorista disse que a caminhonete pertencia ao seu tio, mas tinha pegado o veículo emprestado para passear. Ele apresentava sinais de embriaguez e fez o teste do etilômetro, o que comprovou que ele tinha feito uso de bebida alcoólica. O condutor, que também não possui CNH, disse que estava sendo perseguido pela BR-354 por um automóvel, mas que no trajeto o outro carro o perdeu de vista.

Em conversa com nossa reportagem, moradores da região disseram que após o acidente viram um homem correndo para o meio do matagal, mas não souberam informar se era o próprio condutor do carro ou algum passageiro da HILUX. Os policiais que atenderam a ocorrência entraram em contato com o tio do motorista, que confirmou que o sobrinho tinha pegado o carro emprestado na noite desta sexta (19).

Diante dos fatos, o condutor foi detido por não possuir habilitação (CNH), sendo liberado diante de assinatura de Termo de Comparecimento. Já a Toyota/Hilux foi apreendida e levada para o depósito de DETRAN.

Materia: Vanderlei Gontijo