Motociclista de 31 anos morre após sofrer acidente na BR-354 em Lagoa Formosa

Um motociclista de 31 anos morreu, após sofrer um grave acidente na BR-354. A colisão envolvendo a moto que ele conduzia e uma combinação veicular de carga, ocorreu no final da manhã desta terça-feira (02/06), pouco menos de um quilômetro do trevo principal de acesso à cidade de Lagoa Formosa. A vítima Samuel José Portilho Lopes, 31 anos, chegou a ser socorrida por uma ambulância da prefeitura municipal e levada para o Hospital Municipal “Dr. Bininho”. Em estado grave ele foi transferido para a cidade de Patos de Minas.

De acordo com informações, ele seguia pela rodovia sentido Lagoa Formosa à comunidade de Campina Verde, quando teria perdido o controle direcional da motocicleta Yamaha que ele conduzia, atravessado a pista e se chocado frontalmente contra o caminhão trator, que seguia sentido contrário. Ele chegou a passar por cirurgias em Patos de Minas, onde teria amputado uma das pernas, mas teria sofrido hemorragias internas e acabou falecendo no início da noite.

Em conversa com o motorista da carreta, João Batista Alves Porto, 49 anos, o homem disse aos militares da Polícia Rodoviária, que trafegava pela rodovia sentido ao Distrito de Areado, no município de Patos de Minas, quando na altura do km 248, no município de Lagoa Formosa, visualizou uma motocicleta desgovernada. Com isso, ele acionou o sistema de freios e jogou o veículo para o acostamento, mas acabou sendo atingido pelo motoqueiro na lateral direita do para-choque dianteiro.

Com o impacto, a motocicleta foi lançada no meio do matagal, às margens da BR. Após gritar por socorro, a vítima foi localizada pelo carreteiro, que acionou a ambulância no hospital de Lagoa Formosa. Ao ser avaliado pelo médico de plantão no Hospital “Dr Bininho”, foi constatado que Samuel havia sofrido várias fraturas pelo corpo e perfuração no pulmão, além de hemorragia por ruptura da artéria femural.

Em seguida, Samuel foi rapidamente transferido para o Hospital Vera Cruz, na cidade de Patos de Minas, onde foi direto para o bloco cirúrgico, mas algum tempo depois ele não resistiu e perdeu a vida. A vítima, que foi socorrida lúcida, chegou a dizer para os militares que tinha dormido em cima da moto, por ter trabalhado durante toda a noite anterior.

Um perito da Polícia Civil esteve no local e realizou os trabalhos técnicos, que irão ajudar nas apurações das verdadeiras causas do acidente. O caminhão trator foi liberado para o condutor, sendo que ambos estavam com as documentações regulamentadas. Já a motocicleta que a vítima conduzia foi levada para o pátio credenciado do DETRAN, na cidade de Lagoa Formosa.

Matéria: Vanderlei Gontijo