Motociclista de 28 anos morre em colisão frontal na BR 352 em Lagoa Formosa

Um motociclista de 28 anos perdeu a vida em um grande acidente na BR 352, no município de Lagoa Formosa. Ele colidiu frontalmente com uma caminhonete S10 na manhã desta segunda-feira (08) no km 191 da rodovia, próximo a estrada de acesso ao distrito de Monjolinho de Minas.

De acordo com as informações, a Polícia Militar Rodoviária foi acionada por volta das 08h50, para atender um sinistro de trânsito e, assim que os policiais chegaram no local, depararam com a GM/S10 parada do lado crescente e a motocicleta parada no acostamento sentido a Patos de Minas.

O motorista da caminhonete de 47 anos, identificado como, R.F.F., seguia no sentido decrescente de Lagoa Formosa à Patos de Minas e relatou que havia um caminhão na frente, momento em que cruzava outros dois veículos. Ele disse ainda que logo em seguida visualizou uma motocicleta transitando sobre a faixa de divisão central da pista, ou seja, no corredor e que tentou desviar para a esquerda, porém, não conseguiu evitar a colisão.

Com o forte impacto, o motociclista teve grande perda de massa encefálica e faleceu no local. O SAMU foi acionado e conformou a morte do jovem de 28 anos. O condutor da caminhonete não teve ferimentos.

Ambos os veículos estavam devidamente legalizados, sendo que a caminhonete liberada para o condutor e a motocicleta removida por falta de um responsável pelo veículo. Também foi realizar o teste de alcoolemia no motorista da caminhonete e o resultado foi de 0,00 mg/l de álcool.

 

A Perícia Criminal esteve no local e realizou os trabalhos de praxe, liberando o corpo do jovem para a funerária.

Segundo as informações, no local ficaram marcas no asfalto na pista em que estava o motociclista, sendo observado o local de ponte de impacto na caminhonete. Havia vestígios de que o motorista da S10 poderia estar realizando uma ultrapassagem em local proibido, ocasionando em tese o acidente. Este fato, porém, será analisado pelo perito criminal para elucidar as causas do sinistro.

Fonte: Polícia Militar Rodoviária  /  Matéria: Gilberto Martins