Lagoa Formosa: homem com dezenas de passagens pela polícia morre após ser atingido por disparos de arma de fogo

A cidade de Lagoa Formosa registrou o 2º homicídio do ano de 2020. Desta vez, a vítima foi um homem de 33 anos, que possuía dezenas de passagens pela polícia por crimes diversos, entre eles, tentativa do homicídio, roubos, furtos e tráfico de drogas. O crime ocorreu por volta das 22h00 deste sábado (29/08), na Rua Lindaura Ferreira Braga, no Bairro Babilônia. Erivelton Farley Ferreira chegou a ser socorrido por uma equipe médica do Hospital Municipal “Dr. Bininho”, sendo em seguida encaminhando para a cidade de Patos de Minas, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no início da manhã deste domingo (30). Dois suspeitos de terem cometido o crime foram detidos.

De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar recebeu várias ligações informando que estava ocorrendo uma briga no local do homicídio e que tiros haviam sido escutados por testemunhas. Posteriormente, enquanto estavam a caminho, os militares receberam outra ligação, onde foram informados de que havia um rapaz baleado caído ao solo com vários ferimentos.

Com isso, uma ambulância da Prefeitura de Lagoa Formosa esteve no local e socorreu a vítima até o hospital municipal. Erivelton Farley Ferreira foi atingido por seis tiros e rapidamente transferido as pressas para o Hospital Regional Antônio Dias em Patos de Minas. As testemunhas também relataram que dois irmãos, filhos da moradora da casa, tinham saído correndo do local, sendo o mais velho de 28 anos a pé e o adolescente de 17 anos numa motocicleta “barulhenta”.

Após rastreamentos, os militares prenderam o rapaz de 28 anos num bar a cerca de dois quarteirões do local do crime. Já o menor infrator foi apreendido na casa da namorada, juntamente com uma motocicleta Yamaha/YBR 125cc de cor prata, que estava com motor quente, o que condiz com as denúncias de ter sido usada no crime.

Os irmãos foram levados para a delegacia de Patos de Minas. Ambos possuem diversas passagens pela polícia. Eles chegaram a acusar outra pessoa pelo crime, mas não foi constatado pela Polícia Militar. Os militares ainda tiveram informações de que o crime teria sido encomendado por um suposto traficante da cidade, porém este não foi encontrado.

Há poucos dias Erivelton havia sido detido no centro de Lagoa Formosa com um revólver na cintura, que segundo ele, seria para se proteger de outra traficante que ele próprio tinha tentado matar no Bairro Babilônia. Na oportunidade, a arma foi apreendida e o autor levado para a delegacia e como sempre liberado logo em seguida. O corpo de Erivelton Farley Ferreira foi encaminhado ao Instituto Médico Legal – IML de Patos de Minas.

Matéria: Igor Nunes e Vanderlei Gontijo/Foto: arquivo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui