Cuidadora realiza saques de aproximadamente 14 mil reais de conta de idosa e família aciona polícia

A Polícia Militar foi acionada nesta quinta-feira (21/05), para registrar um boletim de ocorrência, no qual, a família de uma idosa de 79 anos acusa uma cuidadora de ter sacado da conta da mulher a quantia de R$13.700,00 em curto espaço de tempo. De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada e compareceu no endereço da suposta vítima, onde uma sobrinha relatou que ela e seu pai vieram de Brasília para cuidar da idosa, devido à pandemia do novo coronavírus, sendo que a tia possui algumas limitações físicas. Ela relatou que ao chegar à cidade não encontrou a cuidadora, que não estava mais trabalhando na casa de M.G.F.

Com isso, ao verificar a conta poupança da idosa, os familiares descobriram que tinham sido realizados vários saques numa agencia bancária com o cartão da senhora, sendo que nenhum deles, segundo ela, havia sido com seu consentimento. Ao saber da ação, os parentes suspeitaram da ex empregada, pois era única pessoa que tinha acesso aos cartões e contas bancárias da idosa. T.P.A.A, 25 anos foi localizada e contou aos militares que trabalhou com a idosa por aproximadamente 6 meses, sendo que nesse espaço de tempo tentou contato com os familiares da mulher para comunicar que a idosa não tinha condições de ficar sozinha à noite, sendo que ela trabalhava na casa só durante o dia.

Ela contou que, inclusive, foi registrado um boletim de ocorrência, pois várias vezes chegou para trabalhar e deparou com a mulher caída ao solo, sem condições de se levantar. A ex cuidadora disse também que o CRAS havia entrado em contato com os familiares em Brasília e nenhum deles quis assumir a responsabilidade de cuidar da idosa. T.P.A.A disse ainda que parou de trabalhar na casa, porque está grávida de 8 meses. Ao ser questionada sobre os saques, a jovem de 25 anos relatou que foram realizados com o consentimento da idosa, uma vez que os valores eram para pagar consultas médicas e medicamentos.

Diante dos fatos, a ex cuidadora se prontificou a comparecer na delegacia de polícia civil de Carmo do Paranaíba para prestar esclarecimentos.

Matéria: Vanderlei Gontijo e Julio Cesar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui