Corpo é encontrado carbonizado ao lado de veículo dentro de lavoura próximo a Carmo do Paranaíba

Na manhã desta segunda-feira (12/04), um homem de 51 anos, que morava em Arapuá, foi encontrado morto com o corpo parcialmente queimado ao lado de um carro incendiado no meio de uma lavoura de café, numa fazenda que fica no Distrito de Chaves, no município de Rio Paranaíba. O local do crime está a aproximadamente 12 quilômetros da cidade de Carmo do Paranaíba.

De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada pelo gerente da fazenda relatando que um funcionário estava trabalhando no cafezal e encontrou o veículo queimado e um homem morto do lado carbonizado ao lado do carro. Os militares encontraram o veículo VW/Parati, cor vermelha, todo queimado no meio do cafezal e o corpo de Sandro parcialmente queimado.

Ao lado do corpo, os militares encontraram a carteira de bolso da vítima com seus documentos pessoais. Um perito da Polícia Civil esteve no local e realizou os trabalhos técnicos que irão ajudar na elucidação do assassinato. Não foram encontrados sinais de violência no corpo, que foi encaminhado para o IML de Patos de Minas para a necropsia.

Ainda sobre os fatos, a Polícia Militar conseguiu entrar em contato com a esposa da vítima. Ela relatou que o marido na última sexta-feira (09/04), por volta das 19h30, fez uma ligação para uma pessoa a qual não soube informar, e escutou ele falando para a pessoa que estava do outro lado da linha que não iria sair de casa, mas que durante o diálogo, ele foi convencido e disse que em 15 minutos chegava ao local combinado, não disse aonde iria.

A esposa contou também que, no dia seguinte, logo pela manhã, o marido sairia com destino à cidade de João Pinheiro, viagem que faz corriqueiramente. Outra informação que a mulher repassou aos militares foi que a vítima estava com a quantia de 4 mil reais em dinheiro no bolso, mas esse valor não foi encontrado no local do crime. Nenhum suspeito (s) de ter cometido o crime foi detido até o fechamento desta reportagem.

Materia: Toninho Cury e Vanderlei Gontijo  /  Fotos: Julio Cesar