Corpo do motorista da carreta é encontrado e mortes por acidente na BR 365 sobem para três

O corpo do motorista da carreta que se envolveu em um acidente com um ônibus de passageiros na madrugada de domingo (06) na BR 365 em Patos de Minas foi encontrado nesta manhã. Ele estava em um açude localizado ao lado do local em que a carreta parou. A suspeita é de que, como o impacto da batida, ele tenha sido arremessado para dentro d’água. Com isso, o número de mortes em decorrência do acidente subiu para três.

Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal e a perícia da Polícia Civil trabalharam intensamente no local do acidente tentando encontrar o motorista da carreta, que havia desaparecido. Como a carreta tombou e pegou fogo, havia a suspeita de que ele pudesse ter parado debaixo do veículo. A carreta foi desvirada com o auxílio de guinchos e ainda assim o corpo não foi localizado.

O motorista de 35 anos foi encontrado em uma em uma pequena represa que fica ao lado de onde a carreta parou. Os Bombeiros tiveram que esgotar a água. O corpo estava a cerca de três metros de profundidade. O trabalho de necropsia poderá confirmar se ele morreu em decorrência do acidente ou por afogamento.

A carreta é da cidade de Arapongas no Paraná. O corpo do motorista foi encaminhado para o IML de Patos de Minas e identificado como Carlos Henrique Castro de Souza, de 35 anos.

O acidente

O acidente aconteceu por volta de 05h30 no Km 414 da BR- 365, a apenas alguns quilômetros da sede da PRF em Patos de Minas. De acordo com informações colhidas no local, o ônibus estava com 46 passageiros e saiu de Espinosa, norte de Minas, e seguia com destino a São Paulo. O motorista teria sido surpreendido por uma carreta que invadiu a contramão de direção enquanto seguia sentido a Patos de Minas. Segundo os passageiros, o condutor do ônibus até tentou desviar, mas a carreta bateu violentamente na lateral do ônibus. Em razão disso, a carreta acabou saindo da pista, tombou e teve a cabine completamente incendiada.

Dois passageiros do ônibus também morreram em decorrência da batida. Uma idosa de 79 anos, Honorinda Angélica Ribeiro, natural de Jacaraci/BA, passageira do ônibus, morreu no local. O neto dela, Manoel Felipe Pereira Santos, de 19 anos, chegou a ser socorrido até o Hospital Regional, mas também não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. As causas da batida ainda serão investigadas.

Matéria: Patos Hoje