Carmo do Paranaíba possui dois novos casos suspeitos de coronavírus

A cidade de Carmo do Paranaíba está com dois novos casos suspeitos da doença COVID-19, transmitida pelo coronavírus. Até o momento o município está com 7 casos que os resultados dos exames deram negativos, ainda 15 casos suspeitos e 2 que estão com materiais coletados para realização de exames.

MEDIDAS TOMADAS NA CIDADE:

De acordo com a secretária de saúde Cristine Alves, em virtude dos casos suspeitos várias medidas já foram tomadas na cidade para prevenir contra a proliferação da doença, entre elas, foram suspensas as aulas nas redes municipais e estaduais pelo período de 7 dias, as visitações na UPA foram restringidas e as pessoas que estão voltando de viagem de outros estados ou países, estão sendo notificadas sobre os dias que devem ficar de quarentena.
Sobre os casos que estão sob investigação, a secretária disse que está havendo demora na obtenção dos resultados, que deveriam sair em 48 horas, mas pelo número de análises esse prazo está maior.

Ela disse que independentemente dos resultados dos suspeitos derem positivos ou negativos, Carmo do Paranaíba irá continuar com todas as restrições, mas caso sejam positivos irão intensificar as precauções. Cristine disse também que, os empresários e comerciantes em geral que precisarem de algum tipo de informações ou treinamentos sobre o coronavírus, devem ligar no PSF Paranaíba através do telefone 3851-5208 e pedirem para falar com Alex, que ó coordenador do NASF e está capacitado para tirar todas as dúvidas necessárias sobre o COVID-19 na cidade.

Já a Prefeitura Municipal ressalta que está tomando todas as medidas cabíveis e legais para que possa ajudar a conter essa pandemia. Com isso, um decreto publicado altera as rotinas da cidade e tem validade de 60 dias.

SAIBA O QUE É O CORONAVÍRUS:

O coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. Chamado oficialmente de SARS-CoV-2, o novo agente foi descoberto no fim de dezembro de 2019.

O novo coronavírus é transmitido de pessoa a pessoa por gotículas respiratórias, por meio de tosse ou espirro, pelo toque ou aperto de mão ou pelo contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido, então, de contato com a boca, nariz ou olhos.

Os sintomas mais comuns da doença, chamada covid-19, apresentados entre os pacientes contaminados, são febre, tosse e falta de ar. Além disso, dores musculares e de cabeça, bem como confusão mental, irritação na garganta e desconforto no peito também foram observados.
Como posso me proteger?

A OMS recomenda:

– Lavar as mãos (água e sabão é a melhor estratégia)
– Cobrir a boca e o nariz ao tossir e espirrar, de preferência com um lenço de papel, e lavar as mãos depois, para evitar que o vírus se propague;
– Evitar locais de aglomeração de pessoas;
Ir aos hospitais e postos de saúde somente em casos de urgências, visto que são locais apropriados para transmissão;
– Evitar passar a mão nos olhos, nariz e boca — se você tocar uma superfície contaminada pelo vírus poderá transferi-lo para o seu corpo;
– Não ficar muito perto de pessoas tossindo, espirrando ou com febre. Idealmente, mantenha pelo menos 1 metro de distância.

Matéria: Vanderlei Gontijo e Julio Cesar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui